Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

As críticas da chanceler alemã

A chanceler alemã Angela Merkel falou pela primeira vez sobre o caso Günter Grass, lamentando mais do que a confissão sobre o passado nazi, a sua demora.
22 de Agosto de 2006 às 00:00
“Não fiquei admirada por as críticas terem incidido sobre a tardia revelação deste seu dado biográfico já que Grass está sempre pronto a tomar posição sobre outros assuntos”, disse, recordando que, ao contrário dela, o escritor criticou a reunificação, alegando temer “o ressurgimento de uma hegemonia germânica na Europa”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)