Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Assédio leva o País à cama do hospital

O Teatro Carlos Alberto, no Porto, estreia esta noite, às 21h30 – e em resultado de uma coprodução entre a Assédio e o Teatro Nacional São João – a peça ‘O Dia de Todos os Pescadores’, um original de Francisco Luís Parreira aqui numa encenação de João Cardoso. Uma reflexão sobre o estado do País.
15 de Julho de 2010 às 15:31
'O Dia de todos os Pescadores' é um original de Francisco Luís Parreira
'O Dia de todos os Pescadores' é um original de Francisco Luís Parreira FOTO: João Tuna

Numa sala de hospital, entre doentes, médicos e enfermeiras, assiste-se ao drama de quem está quase a partir... com a alma cheia de pecado.

 

Estará moribunda, a pátria? É a questão que nos coloca o autor – que é também  investigador universitário, tradutor, actor e encenador –, alguém para quem, nos tempos que correm, a infelicidade “é uma precaução necessária”. Nem que seja como antídoto à obrigatoriedade da felicidade.

O espectáculo tem interpretações de João Cardoso, Jorge Mota e outros e é para ver de quarta a sábado às 21h30, domingos às 16h00. Até 31 de Julho.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)