Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Assim são os toureiros de verdade

É o tema taurino do momento. Um pouco por todo o Mundo, a dramática colhida de José Tomás mereceu da comunicação social taurina, e não só, o maior destaque, face às circunstâncias quase fatais.

28 de Abril de 2010 às 00:30
Assim são os toureiros de verdade
Assim são os toureiros de verdade

Na Praça de Aguascalientes, no México, o matador madrileno, num momento de grande relaxe e sentimento, foi atingido por um touro da ganadaria de Garfias, ficando muito mais perto da morte do que da vida.

O sangue derramado fez com que José Tomás chegasse à enfermaria da praça já inconsciente, moribundo. A assistência dos médicos na enfermaria revelou-se milagrosa. Abriram a perna do matador sem anestesia, aproveitando o facto de ele estar inanimado. Havia entre 5 a 10 minutos para que a morte se consumasse... José Tomás, já colhido em várias ocasiões, conheceu agora uma cornada em tudo parecida com as que vitimaram Paquirri e o português José Falcão.

O toureiro que actualmente esgota as lotações em todo o mundo quase esgotou a capacidade de viver. Mas não esgotou essa condição quase sobre--humana de sobreviver... São assim os toureiros de verdade!

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)