Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Autora de ‘Um Sonho Esplendoroso’ morre aos 95 anos

A escritora chinesa Han Suyin morreu na passada sexta-feira aos 95 anos, em Lausanne (Suíça) onde residia, vítima de paragem cardio-respiratória. Porém o seu óbito só foi comunicado este domingo, estando o funeral previsto para a próxima quinta-feira.
5 de Novembro de 2012 às 17:26
No total, a escritora publicou mais de 40 obras, muitas das quais sobre a China moderna
No total, a escritora publicou mais de 40 obras, muitas das quais sobre a China moderna FOTO: d.r.

Autora de vários romances e ensaios históricos, Han Suyin escreveu, entre outros, ‘Um Sonho Esplendoroso', o seu único livro editado em Portugal pela Planeta Editora.

No total, a escritora publicou mais de 40 obras, muitas das quais sobre a China moderna. O seu primeiro livro, ‘A Colina da Saudade' foi adaptado ao cinema por Henry King, em 1955.

Filha de pai chinês e mãe belga, Han Suyin chamava-se realmente Rosalie Elisabeth Comber.

Chegou a estudar medicina na China, onde nasceu, mas prosseguiu a sua formação no Velho Continente, nomeadamente em Londres e Bruxelas.

A autora ganhou prestígio internacional pelos seus perfis realizados sobre figuras incontornáveis da cena política asiática, como Indira Gandhi ou Mao Tsé-Tung. Além disso, publicou uma autobiografia que se estendeu por cinco volumes.

A escritora casou três vezes (primeiro com um chinês, que faleceu em 1947, depois com um oficial inglês e, por fim, com um engenheiro indiano).

china escritora óbito livros suíça mao tsé-tung gandhi han suyin
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)