Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

'Avatar' desaconselhado a menores de 12 anos

A neurologista Teresa Paiva considerou esta quarta-feira preocupante as crianças menores de 12 anos assistirem a filmes a 3D, como é o caso de ‘Avatar’, devido “à forte estimulação sensorial provocada pelo efeito”.
6 de Janeiro de 2010 às 14:27
Estimulação pode ter implicações para o sistema nervoso central
Estimulação pode ter implicações para o sistema nervoso central FOTO: D.R.

“A forte estimulação sensorial pode ter implicações para o sistema nervoso central”, disse a neurologista que, apesar de não conhecer estudos científicos sobre os efeitos destes filmes na saúde humana, enumera as cefaleias e os distúrbios de sono como alguns exemplos de efeitos possíveis.

 

O filme ‘Avatar’, do cineasta James Cameron, visto nas duas primeiras semanas por 410535 espectadores, está recomendado para maiores de 12 anos, no entanto, a película tem atraído muitos pais que levam os seus filhos de pouca idade. Em declarações à agência Lusa, Teresa Paiva afirmou que considera “disparatado”.

 

“Têm de ser cuidadosamente analisados os eventuais efeitos que a ilusão tridimensional pode desencadear”, sublinhou a neurologista que também enumerou alguns casos conhecidos de descargas epilépticas provocadas por jogos de computador e luz strobe.

 

Para além do cansaço ocular, o oftalmologista Jorge Breda, ex-presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia, não considera que o contacto com o 3D possa provocar lesões oculares.

 

Em declarações à Lusa, o especialista explicou que “as implicações que poderão ter é para o sistema nervoso central”, já que a retina transforma as ondas luminosas em impulsos nervosos. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)