Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Banda de Sting à força

Contagem decrescente para o arranque da venda de bilhetes para o concerto dos Police no Estádio Nacional, em Oeiras, a 25 de Setembro. A partir de segunda-feira, a rede de balcões do Barclays disponibiliza, em exclusivo, 50 mil ingressos – entre os 55 e os 95 euros – para o espectáculo, que esteve ‘por um fio’ para passar ao lado de Portugal.
30 de Maio de 2007 às 21:14
Álvaro Campos, da Ritmos & Blues, apresenta o bilhete de acesso
Álvaro Campos, da Ritmos & Blues, apresenta o bilhete de acesso FOTO: Bruno Colaço
Há já vários meses, a produtora R & B entrou numa luta renhida com os espanhóis para trazer a banda de Sting ao nosso país. Portugal “estava fora da ‘tournée’ dos Police porque os espanhóis queriam duas datas em Barcelona [depois de a primeira esgotar num só dia]. Mas, com esforço, conseguimos puxar a segunda para Lisboa”, contou Álvaro Ramos, da R & B, em conferência de imprensa, ontem, na capital.
Para convencer a banda foram precisos mais de “dois milhões de dólares”, segundo Nuno Braamcamp, que assim garante o terceiro espectáculo em estádio promovido este ano pela R & B. Um trio de luxo – George Michael, Rolling Stones (25 de Junho) e Police – que poderia ter sido ampliado com Genesis e Barbra Streisand. Os primeiros excluíram a Península Ibérica da digressão. Streisand exigia uns impensáveis 350 euros como preço médio do bilhete.
Voltando aos Police, o grupo sobe ao palco às 21h30, precedido de duas bandas de suporte. Uma delas, Fiction Plane, é liderada por Joe Summer... filho de Sting.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)