Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Bem-vindos à Lisboa da madame Madonna

Novo registo tem guitarra portuguesa, kuduro, o grupo Batukadeiras e uma versão de um tema da portuguesa Blaya.
Miguel Azevedo 8 de Junho de 2019 às 01:30
Madonna
Madonna
A última provocação de Madonna
Madonna
Madonna
Madonna
Madonna
Madonna
A última provocação de Madonna
Madonna
Madonna
Madonna
Madonna
Madonna
A última provocação de Madonna
Madonna
Madonna
Madonna
"O caminho é solitário/o Mundo é selvagem". Estas são algumas das frases que Madonna, de 60 anos, canta em português no novo disco ‘Madame X’, um álbum a editar dia 14, que, na sua genética, tem muito destes quase dois anos de ligação e amor da rainha da pop a Lisboa.

No novo disco, ouve-se, por exemplo, ainda que ao de leve, a guitarra portuguesa, numa clara alusão ao fado, ou não tivesse Madonna tido como grande amiga em Portugal, Celeste Rodrigues e o seu neto Gaspar. Escuta-se também a Orquestra das Batukadeiras, que Madonna foi buscar à Amadora (no início do ano, a cantora já tinha publicado um vídeo em estúdio com o grupo, em que se confessava uma "sortuda"). Há também várias referências claras ao kuduro, género que, entretanto, ajudou a criar, no bom sentido, um quase submundo em Lisboa.

Para ‘Madame X’, Madonna gravou ainda uma versão de ‘Faz Gostoso’, tema de Blaya (ex-Buraka Som Sistema), que a rainha da pop optou, no entanto, por registar na companhia da brasileira Anitta.

Num disco gravado entre Portugal, Londres, Nova Iorque e Los Angeles, em que Madonna nunca perde de vista a universalidade da sua música, escuta--se do piano à percussão, da música latina (Maluma dá uma ajuda) à eletrónica, do funk mais dançável à pop mais lânguida e orelhuda (‘Crave’ é o melhor exemplo).

Em ‘Madame X’ há de tudo, para todos os gostos, como na farmácia, mas sem mezinhas. Aqui tudo é trabalhado ao pormenor, das alusões quase tribais em ‘Batuka’, ao quase coro eucarístico em ‘God Control’. Todo o disco, de resto, trespassa muito esta ideia de um caminho de pecado, sacrilégio e profanação em busca de qualquer coisa parecida com a redenção. "Estou à procura de misericórdia", canta Madonna em ‘Looking For Mercy’. Por nós está perdoada!
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)