Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Berardo quer mais tempo

Joe Berardo pediu ao Ministério da Cultura para prorrogar o prazo de resposta à avaliação feita pela leiloeira Christie’s das 862 obras de arte da colecção do Museu Berardo, estimada em 316 milhões de euros.
19 de Janeiro de 2007 às 00:00
O comendador Joe Berardo
O comendador Joe Berardo FOTO: Natália Ferraz
“Pedi à senhora ministra da Cultura que me conceda um adiamento para dar uma resposta final”, disse, referindo que o prazo termina segunda-feira. O acordo assinado entre o comendador e o Estado estipula que Joe Berardo tem 30 dias, contados da recepção do resultado da avaliação, para dar uma resposta e, se o não fizer, “entende-se que, para todos os efeitos concorda com o preço determinado”.
Até 2016, o Estado tem o direito de opção de compra da colecção pelo valor fixado pela Christie’s, mas, caso o comendador não aceite aquele valor, esse direito extingue-se.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)