Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Biblioteca recebe Teresa Rita Lopes

A escritora Teresa Rita Lopes, conhecida pela dedicação de mais de três décadas ao estudo da obra de Fernando Pessoa, trabalho pelo qual é reconhecida internacionalmente, estará presente amanhã na Biblioteca Municipal de Albufeira a partir das 21h30, quando termina o ciclo literário dedicado à sua obra e que decorreu nos últimos meses naquele espaço de cultura.
21 de Junho de 2007 às 00:00
Escritora marca presença em sessão que culmina análise à sua vasta obra literária
Escritora marca presença em sessão que culmina análise à sua vasta obra literária FOTO: Sandra Sousa Santos
No Ciclo Literário Teresa Rita Lopes, coordenado pela escritora Luísa Monteiro, foram analisadas várias obras da escritora como ‘Cicatriz’ (poesia), ‘Esse Tal Alguém’ (drama) e ‘As Barbas de Sua Senhoria’ (drama para infância). Outros trabalhos – teatro, poesia, ensaio – também foram referidos e ouvidos os seus contos e poemas.
Na sessão de amanhã, além de uma leitura crítica global da obra literária da escritora feita pelo professor da Universidade do Algarve João Minhoto Marques, haverá apontamentos teatrais em que ‘surgirá’ Fernando Pessoa, uma sósia da escritora e a interpretação de uma personagem da sua última obra.
A escritora, que nasceu em Faro em 1937, divide a sua vida por Lisboa, Algarve e Paris, aonde chegou pela primeira vez em 1963, fugida à PIDE. Aí se doutorou e deu aulas na Sorbonne, aonde ainda se desloca com regularidade. Divide a docência naquela universidade francesa com o trabalho na Universidade Nova de Lisboa, onde é coordenadora de um grupo de estudos pessoanos.
Teresa Rita Lopes “escreve o tacto dos sentidos. A palavra nunca é neutra”, diz a escritora Luísa Monteiro, que considera Teresa Rita Lopes um dos maiores escritores portugueses. Refere, por exemplo, ‘Cicatriz’ como “um dos mais belos exemplares da arte da memória na Literatura Portuguesa do século XX”. Teresa Rita Lopes volta amanhã ao Algarve, que considera o seu “porto de abrigo”.
Ver comentários