Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

BOB DYLAN ESCREVE AUTOBIOGRAFIA

O cantor norte-americano Bob Dylan revelou esta segunda-feira que foi-lhe muito complicado escrever a sua autobiografia , que vai ser publicada em 12 de Outubro. A obra promete desmistificar a figura do músico, com confissões como a rejeição de ser líder de uma geração e o facto de odiar a comunidade hippie.
27 de Setembro de 2004 às 16:25
“Estou habituado a escrever canções, que podem ter vários simbolismos e metáforas enquanto que um livro tem que ser verdadeiro para não ser mal interpretado”, afirmou o cantor.
Segundo trechos publicados na revista Newsweek - da qual o músico é capa da última edição -, Dylan admite que na década de sessenta vivia escondido em casa, protegendo-se com algum receio de hippies fanáticos. O ícone geracional confessa mesmo que odiava a comunidade hippie.
Relativamente a outros episódios da sua vida e que já se sabe que integram este volume, o músico com 63 anos dedica uma frase ao acidente de mota que sofreu em 1966. No mesmo volume, o músico confirma que chegou a ter armas e indica que só nos final dos anos 70 e princípios de 80 é que descobriu a paz interior.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)