Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Bogotá vai ler portugueses sem pagar

Portugal é convidado de honra da feira do livro de Bogotá.
21 de Abril de 2013 às 20:18

A 'Ode Marítima', de Álvaro de Campos, heterónimo de Fernando Pessoa, integra a antologia de literatura portuguesa 'Quillas, Mástiles y Velas' ('Quilhas, Mastros e Velas'), cujos dez mil exemplares vão ser distribuídos gratuitamente em Bogotá, onde decorre até 1 de maio a feira do livro de que Portugal é o convidado de honra.

“São livros gratuitos, mas são um bem público. Em vez de serem feitos para ficarem prisioneiros numa biblioteca, devem ser postos novamente em circulação depois de serem lidos”, disse na noite de sábado o colombiano Antonio García, coordenador do programa municipal ‘Libros al Aire’, que ao longo da última década permitiu distribuir milhões de volumes na capital do país sul-americano.

Entre os locais em que ‘Quillas, Mástiles y Velas’ (que também inclui textos de José Saramago, Eça de Queirós e Sophia de Mello Breyner Andresen, Raul Brandão, José Cardoso Pires, Mário Cláudio e Mário de Carvalho) pode chegar às mãos dos leitores encontram-se parques da cidade e bibliotecas públicas, mas também os autocarros da rede Transmilenio, que são utilizados por 1,6 milhões de pessoas diariamente.

Na próxima quarta-feira será lançado em Bogotá, o igualmente gratuito ‘Cartas de Tres Oceanos’, cujos dez mil exemplares juntam 15 missivas escritas durante os Descobrimentos, a bordo de navios que cruzavam os oceanos Atlântico, Índico e Pacífico.

bogotá leitura josé saramago eça de queirós álvaro de campos fernando pessoa feira do livro português
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)