Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Bon Iver festeja o folk e Angel Olsen comove no Primavera Sound

Com música em quatro palcos e concertos em simultâneo, festivaleiros tiveram de optar entre espetáculos.
Patrícia Lima Leitão 10 de Junho de 2017 às 16:57
Bon Iver
Angela Olsen encantou o público do Primavera Dound
Os portugueses First Breath After Coma
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Os portugueses First Breath After Coma
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Atuação dos Pond
Os portugueses First Breath After Coma
Bon Iver
Angela Olsen encantou o público do Primavera Dound
Os portugueses First Breath After Coma
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Os portugueses First Breath After Coma
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Atuação dos Pond
Os portugueses First Breath After Coma
Bon Iver
Angela Olsen encantou o público do Primavera Dound
Os portugueses First Breath After Coma
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Os portugueses First Breath After Coma
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Bon Iver fez a festa no Primavera Sound
Atuação dos Pond
Atuação dos Pond
Os portugueses First Breath After Coma
Ao segundo dia, o Primavera Sound continuou a dar cartas naquele que é um dos maiores anfiteatros naturais do País. A banca norte-americana Bon Iver, provavelmente o nome mais aguardado do cartaz deste ano, subiu ontem à noite ao palco. A festa do folk estava montada. Foram recebidos entre gritos de histerismo por parte dos fãs, num concerto que se prolongou durante a noite. E a escolha não foi fácil, até porque os norte-americanos Swans atuavam ao mesmo tempo e os festivaleiros tiveram de optar.

As honras de abertura do palco principal pertenceram ao som psicadélico dos Pond, que cantaram para os fãs cada música como quem dá um rebuçado a uma criança. E as ‘crianças’ festivaleiras pediram sempre mais. Seguiu-se uma explosão de emoções: a cantautora Angel Olsen, que apresentou o disco editado no ano passado, ‘My Woman’, arrebatou o coração dos milhares de portugueses e estrangeiros que a ouviram. De mãos no peito e de olhos cerrados, os festivaleiros levaram para casa uma memória doce e bonita.

O dia de ontem ficou ainda marcado pelo início do funcionamento em pleno dos quatro palcos. Os portugueses First Breath After Coma, que abriram o segundo dia do festival ainda o sol ia bem alto, estão em digressão com o disco ‘Drifter’, do ano passado.

A sexta edição do Primavera Sound chega hoje ao fim, com nomes como Metronomy, Aphex Twin (ambos no palco principal) e Elza Soares (no secundário).
Ver comentários