Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Carlos Avilez estreia peça inédita no Teatro Mirita Casimiro

Carlos Avilez estreia hoje, 23 de Abril, às 21h30, no renovado Teatro Mirita Casimiro, ‘Deserto, Deserto’, uma peça que faz a sua estreia mundial em Monte Estoril/Cascais, uma ocasião especial que justifica a visita do próprio autor ao nosso país.
23 de Abril de 2010 às 00:16
O elenco do espectáculo, que estará em cena até 30 de Maio no Mirita Casimiro
O elenco do espectáculo, que estará em cena até 30 de Maio no Mirita Casimiro FOTO: d.r.

“O Jean-Pierre Renault nem queria acreditar quando lhe disseram que iam levar esta peça à cena”, diz o encenador ao CM. “Ele considera o texto irrepresentável mas eu sempre o achei fascinante. Desde que mo entregaram, em Paris, numa visita à Livraria Odéon.” 

Homenagem aos actores, reflexão sobre o universo artístico – livros, peças de teatro, filmes – ‘Deserto, Deserto’ coloca em cena seis velhos cómicos que o público bem conhece – Harpo Marx, Totó, Buster Keaton, Jacques Tati, Karl Valentim e Liesl Karlstadt – num cenário nu, durante sete dias e sete noites.

Durante esse período de tempo, há oportunidade para falar de tudo: recordar os tempos áureos das respectivas carreiras; reflectir sobre a ilusão da glória; pensar sobre a Morte. E é então que estes actores recebem a visita de uma criança: o anjo que anuncia o fim. 

O espectáculo – interpretado pelos veteranos do TEC – Teatro Experimental de Cascais – é, também, uma forma de homenagear os  actores que há muito habitam os palcos sob a direcção de Carlos Avilez.

“É uma peça recheada de bons papéis para os veteranos do TEC, o que muito me satisfaz”, revela o encenador. Em cena, até 30 de Maio, oportunidade para (re)ver Anna Paula, Santos Manuel, António Marques, Luiz Rizzo e Sérgio Silva. Como actores convidados, estarão também em cena Miguel Damião, Paulo B. e Diogo Carmona.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)