Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Carrinha leva livros à aldeia

A mesma biblioteca itinerante que percorre diariamente as aldeias do concelho da Guarda para levar livros às crianças das escolas também está a saciar o gosto pela leitura de seis idosos de Vila Soeiro.
26 de Março de 2007 às 00:00
Nesta freguesia encravada na serra, conhecida por Cabo do Mundo, onde residem 48 pessoas – a maioria idosos – a biblioteca móvel é recebida pelos habitantes com naturalidade.
Uma vez por mês, a meia dúzia de leitores inscritos escolhe os livros que consome nos dias seguintes. A carrinha avermelhada é conduzida por Nélson Neves, que ao chegar à aldeia dá duas buzinadelas e estaciona no largo principal, onde fica à espera dos fregueses.
Na última visita, a segunda utilizadora do dia, Maria Rodrigues, de 69 anos, doméstica, trazia ‘Fernando Pessoa, antologia poética seguida de fragmentos do Livro do Desassossego’, de Isabel Pascoal, e, após uma rápida selecção, escolheu ‘A Poesia’, de Maria Manuela Couto Viana, e ‘A Revolução Industrial da Idade Média’, de Jean Gimbel. “Gosto muito de ler e só não venho levantar livros quando não dou conta da carrinha”, assegurou com um rasgado sorriso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)