Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Casar ou divorciar eis a questão

Foi uma estreia concorrida, a de ‘As Mulheres da Minha Vida’, na quinta-feira, no Teatro Tivoli, em Lisboa. António Fagundes continua a atrair multidões (sobretudo mulheres), e quanto a factos não há argumentos: gente conhecida de todos os quadrantes passou pelo teatro para ver, ao vivo e a cores, um dos maiores actores da cena brasileira.
15 de Outubro de 2006 às 00:00
António Fagundes estará no palco do Tivoli até ao próximo dia 22
António Fagundes estará no palco do Tivoli até ao próximo dia 22 FOTO: d.r.
Os que chegaram atrasados ficaram de fora. O actor, conhecido por ser rigoroso com os horários, não perdoou, e as portas fecharam às 21h30, hora a que o espectáculo se iniciou.
Depois de ‘7 Minutos’, que passou pelo Tivoli há três anos, o actor brasileiro está de volta, agora com uma comédia de Neil Simon que nos conta a história de um escritor a braços com os desafios da conjugalidade. George (Fagundes) tem um casamento de oito anos que está em crise. Para o auxiliar, pede – mentalmente – a ajuda das mulheres que o têm marcado ao longo da vida. E elas aparecem-lhe, fisicamente: a ex-mulher (que já morreu), a irmã, a filha (em criança e em jovem adulta), a psicoterapeuta...
Ao longo de hora e meia, acompanhamos uma espécie de psicodrama, em que a personagem revive momentos traumáticos da sua vida passada para ultrapassar as suas dificuldades presentes e passar a uma nova fase da sua existência. O público da estreia pareceu agradado com o espectáculo e, depois de interromper a acção por duas vezes (para aplaudir o desempenho dos actores), levantou-se em peso para ovacionar o espectáculo dirigido por Daniel Filho.
Para ver de terça a domingo, às 21h30, até do próximo dia 22.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)