Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Cenas ousadas no regresso ao palco

Estreia amanhã no Teatro Maria Matos, em Lisboa, ‘Transacções’, peça que marca, não só o regresso de Catarina Furtado à representação (após cinco anos de afastamento), como também a estreia do marido, João Reis, como encenador.
11 de Março de 2009 às 00:30
A personagem de Catarina Furtado não olha a meios para triunfar
A personagem de Catarina Furtado não olha a meios para triunfar FOTO: Bruno Colaço

"O convite foi lançado por Diogo Infante (quando era director artístico do Maria Matos) e fiz força para que o João concretizasse este objectivo já antigo", explicou a actriz.

A peça de David Williamson gira em torno do universo da arte e dos marchands, conduzindo o espectador pelos meandros da venda de um quadro do artista norte-americano Jackson Pollock.

‘Loren’, protagonizada por Catarina Furtado, é uma marchand de arte, frustrada, que tenta, a todo o custo e por meios menos éticos ascender social e financeiramente. O negócio do ‘Lavender Mist’ precipita-a para um perverso jogo especulativo entre potenciais compradores, que culmina em vários momentos hardcore, embora apenas sugeridos. De qualquer forma, a peça é para maiores de 16.

Curiosamente, numa das cenas mais ousadas Catarina Furtado tem de contracenar com a irmã, Marta. Este facto e o de ser dirigida pelo marido parece não incomodar a apresentadora e embaixadora da boa-vontade, já que defende que "trabalhar em família só facilita".

Fica em cena até 3 de Maio.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)