Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

Centenas disseram adeus a António Sérgio (COM VÍDEO)

Duas centenas de pessoas estiveram hoje presentes no funeral de António Sérgio, o radialista que ao longo de quatro décadas divulgou a música alternativa aos portugueses, ajudando a lançar bandas como os Xutos & Pontapés.
2 de Novembro de 2009 às 21:48

António Sérgio, o último dos radialistas com programa de autor, morreu sábado à noite em consequência de um problema cardíaco, e foi hoje a enterrar no cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

As cerimónias fúnebres tiveram início às 15h00 na Basílica da Estrela e terminaram no cemitério dos Prazeres, com duas centenas de pessoas a comparecerem no último adeus ao homem da rádio.

Entre as duas centenas de pessoas que assistiram à missa na Basílica estiveram figuras da televisão, da rádio e da música. O vocalista de uma das bandas 'descobertas' por António Sérgio, os Xutos & Pontapés, adiantou à Lusa que 'Portugal perde uma pessoa que tinha um excelente gosto pela música, que dava uma ajuda na escolha daquilo que vale a pena ouvir'.

'O António Sérgio foi a pessoa que nos iniciou na carreira artística a sério. Tínhamos o conjunto e ele como divulgador pegou em nós. Ele tinha a sua visão e nós estávamos a aprender a tocar', disse o vocalista dos Xutos, Tim.

O guitarrista da mesma banda, Zé Pedro, considerou que 'perder António Sérgio é perder uma referência enorme da rádio em Portugal e, principalmente, da divulgação da música'. 'Influenciou certamente uma data de gerações em Portugal.

VÍDEO:

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)