Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Centenas juntam-se para ver James

Grupo deu um espetáculo na Estação de S. Bento, no Porto, para cerca de 400 pessoas.
Catarina Gomes Sousa 28 de Novembro de 2014 às 11:19
Fica na fila para assaltar banco

Foi para uma pequena multidão em êxtase que os James subiram ao palco da... Estação de S. Bento, no Porto. Alguns foram apanhados de surpresa, como os artistas pretendiam, mas a grande maioria já tinha reservado a tarde de ontem para o miniconcerto gratuito da banda britânica.

Não se pense, porém, que o espaço nãoestava preparado. Pelo contrário; nada falhou num espetáculo único, num local mítico, em que o público teve direito a fazer perguntas aos artistas que confessaram adorar a estação ferroviária – e onde o vocalista Tim Booth cantou em cima de colunas e mergulhou no meio das centenas de pessoas.

Inicialmente, o concerto ia durar apenas meia hora e a banda ia tocar apenas três músicas, mas os apelos dos fãs foram mais fortes: ‘Getting Away With It’ e ‘Laid’ não faltaram.

"Só tive pena de não ter vindo mais cedo. Foi espetacular", disse ao CM um dos muitos fãs que marcaram presença. "Foi brutal, lindo, dos melhores concertos que já vi", confirmou um jovem estudante.

No final, já depois de ser aplaudido por falar português, o violinista Saul Davies soltou um irónico "boa sorte, Sócrates", arrancando gargalhadas à plateia. Tim Booth e a restante banda agradeceram ao público, a quem confessaram estar rendidos. 

James Estação S. Bento Tim Booth Getting Away With It Laid Saul Davies
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)