Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

CHRISTOPHER REEVE CRITICA IGREJA E BUSH

O actor Christopher Reeve, popularizado no papel de “Super-Homem”, veio a público acusar a Igreja Católica e o presidente norte-americano George W. Bush, de “obstrução” na investigação científica que poderia levar à sua total recuperação.
17 de Setembro de 2002 às 21:31
Em entrevista ao periódico britânico, “The Guardian”, o actor criticou em especial a posição da Administração norte-americana, que travou a investigação sobre as células estaminais, um estudo considerado indispensável para o tratamento de várias doenças.

Reeve, que completa 50 anos na próxima semana, não poupou também a Igreja Católica por esta ter se ter manifestado contra o estudo sobre a clonagem.

O actor, que desde há sete aos se encontra paralisado do pescoço para baixo, na sequência de uma queda de um cavalo, confessou que ficou com “raiva” e “desapontado” quando soube que o presidente Bush travara a pesquisa científica, criticando ainda o facto de, como disse, o presidente americano atender demasiado aos pedidos do Vaticano.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)