Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

Cinema gay de regresso a Lisboa

É num cinema São Jorge renovado que o Queer Lisboa 14 – Festival de Cinema Gay e Lésbico – arranca já no próximo dia 17. Ao longo de uma semana, o desfile de 118 filmes atrai especialmente os jovens, "sobretudo estudantes, interessados em ver esta produção cinematográfica", como diz o director artístico, João Ferreira. Portugal marca presença na secção de curtas-metragens com filmes de Vicente Alves do Ó, André Santos e Marco Leão, e Márcio Laranjeira.
8 de Setembro de 2010 às 00:30
Universo das purpurinas e lantejoulas da obra brasileira ‘Dzi Croquettes’ será mostrado no certame
Universo das purpurinas e lantejoulas da obra brasileira ‘Dzi Croquettes’ será mostrado no certame FOTO: direitos reservados

Para João Ferreira, a reduzida amostra é um "reflexo de uma produção cinematográfica não muito elevada em Portugal, em geral, e menor ainda no que respeita à temática gay e lésbica".

No júri internacional da competição de Melhor Longa-Metragem, saltam à vista dois nomes portugueses: Rita Blanco, actriz, e José Luís Peixoto, escritor.

Também o poeta e artista plástico Mário Cesariny será recordado na 14ª edição do Queer Lisboa, com a exibição de documentários e uma exposição de arte surrealista.

O Queer Lisboa arranca às 21h00 de sexta-feira, dia 17, e decorre até dia 25. O evento custou 123 mil euros e tem nos Estados Unidos a maior representação, com 30 filmes em cartaz.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)