Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Colecção fica em Portugal

Após quase quatro meses de negociações, o Ministério da Cultura (MC) e Joe Berardo chegaram a acordo quanto à manutenção em Portugal da colecção de arte contemporânea do empresário, confirmou ontem fonte oficial.
1 de Abril de 2006 às 00:00
Contactada pela agência Lusa, fonte do MC disse que o acordo “deverá ser assinado no início da próxima semana”, mas escusou-se a adiantar pormenores sobre o seu conteúdo.
O acordo, cuja negociação foi acompanhada pelo primeiro-ministro, José Sócrates, põe fim a mais de três anos de debate, tendo o próprio Joe Berardo ameaçado em levar para fora do País a sua colecção caso o Governo não cedesse um espaço para a sua exposição.
Ainda ontem, no Porto, à margem da apresentação da mostra ‘Art Déco na Colecção Berardo’, na Casa de Serralves, o comendador declarava estar à espera de “boas notícias” sobre o destino definitivo da colecção, considerada uma das mais valiosas do Mundo e com mais de quatro mil obras de arte, algumas das quais expostas no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)