Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

'Curta' de Mariana Galvão vence prémio em Genebra

A curta-metragem de Mariana Galvão ‘Solo' ganhou o prémio da melhor curta-metragem na primeira edição do Festival do Filme Lusófono de Genebra, organizado pela lusodescendente Priscilla Frey.

26 de Agosto de 2013 às 14:53
Uma imagem de 'Solo', a curta de Mariana Galvão que impressionou o júri do Festival de Cinema Lusófono de Genebra
Uma imagem de 'Solo', a curta de Mariana Galvão que impressionou o júri do Festival de Cinema Lusófono de Genebra FOTO: D.R.

O júri oficial, composto por Sylvain Vaucher e Anouk Dominguez Degen escolheu a curta-metragem ‘Solo' entre os 15 filmes que se apresentaram a competição.

"A escolha foi difícil, houve vários filmes que levantaram perguntas e discussões interessantes" comentou Sylvain Vaucher, membro do júri.

O júri apreciou a obra de Mariana Galvão "pela subtileza e fineza na construção do relato e pela utilização inteligente do som".

A curta-metragem de Mariana Galvão, produzida pela empresa ‘O Som e a Fúria', consegue apresentar uma heroína "graças à única força da composição audiovisual e sem usar diálogos", comentaram os membros do júri.

O prémio é simbólico, não envolvendo qualquer valor pecuniário.

Cultura Cinema 'Solo' Mariana Galvão prémio Festival do Filme Lusófono de Genebra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)