Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Da televisão para o palco

Foi ainda dentro da ‘Quinta das Celebridades’ que Miguel Melo e Rute Marques tiveram a ideia: e se fizessem um espectáculo de teatro aproveitando a popularidade que ganharam no polémico programa da TVI e explorando o tema da sua ‘relação amorosa’?
6 de Setembro de 2005 às 00:00
Da direita para a esquerda, eles são: David Simões, Miguel Melo, Rute Marques e Helena Laureano
Da direita para a esquerda, eles são: David Simões, Miguel Melo, Rute Marques e Helena Laureano FOTO: Manuel Moreira
E se bem pensaram, melhor o fizeram, porque o espectáculo já tem nome – chama-se ‘É Tudo Mentira’ –, está neste momento em fase avançada de ensaios e tem data de estreia prevista para o final do mês, no Teatro Tivoli, em Lisboa.
Depois, quer percorrer o País de lés a lés: Rute e Miguel irão onde o público os chamar e estão confiantes de que vão ter muita terra a palmilhar. “Tivemos uma reacção tão boa por parte do público, todas as abordagens que nos têm feito são tão positivas, que estamos confiantes de que as pessoas nos querem ver”, explicou ontem, em conferência de Imprensa, Rute Marques.
“O espectáculo vai dar-lhes a oportunidade de voltar ao contacto connosco.”
E quando instado a falar sobre a “oportunidade” – ou “oportunismo” – deste projecto, Miguel Melo acrescentou: “É claro que temos público. Temos consciência de que a ‘Quinta’ nos deu público e vamos aproveitar isso para nos divertirmos. A nós e aos outros. Que mal há nisso?”
Na peça, Rute Marques diz ainda que as pessoas vão reconhecer muitas das situações que viram na ‘Quinta’ – e que não vão deixar de identificar pessoas e atitudes que viram, filtradas, no pequeno ecrã.
“É espantosa a forma como os espectadores se aperceberam de muitas das coisas que foram acontecendo”, conta. “O que quer dizer que, realmente, não é possível andar com uma máscara constantemente e fingir ser-se aquilo que não se é”, concluiu.
EM NOME PRÓPRIO
No espectáculo, cujo texto tem a assinatura das Produções Fictícias, Rute Marques será Rute, e Miguel Melo será Miguel. Mas termina aí a coincidência entre a verdade da vida e a ficção do palco.
José Pina, um dos autores, garante que a peça é, desde o princípio ao fim, uma sátira – divertida mas nem por isso menos ácida – ao mundo das televisões, dos ‘reality shows’, da escrita ‘light’ e de uma certa Comunicação Social que se alimenta da perseguição às nossas figuras mediáticas.
“A peça fala directamente da Rute e do Miguel, mas poderia ser de outro par qualquer. Aqui, cabem todas as situações que a televisão – e sobretudo os ‘reality shows’ – tornaram habituais nos nossos dias.”
SOBRE RELAÇÕES
No palco, para além de Rute e Miguel, o público encontrará ainda Helena Laureano e David Simões. Ela será uma escritora ‘light’, ele não quis dizer... “Vamos ter uma relação, nós os dois... Quem sabe se não extrapolará, depois, para a vida real?”, perguntou o actor, provocando uma gargalhada geral.
E eis os ingredientes principais deste projecto que promete revelar – ou nem por isso – toda a verdade sobre a relação de duas pessoas que a televisão tornou hiperpopulares. Para Rute Marques, esta é a estreia absoluta nos palcos, mas Miguel Melo, que a dirige, diz que não há problema: “Ela tem tanto jeito para isto que até dá raiva.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)