Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

DERAM-ME UVAS...

“José Carlos cumpriu ontem a terceira etapa do seu ‘Roteiro da Utopia’. Eis o relato, feito a caminho da Lourinhã:
18 de Setembro de 2004 às 00:00
“Olha, é o senhor do jornal! Atrás de mim a frase dita assim, a seco, sobressaltou-me. Credo, por momentos senti-me o fulano da televisão que calcorreia o País anunciando o milagroso detergente para a roupa... Mas o que a senhora de facto queria era manifestar a sua simpatia para com a minha jornada e oferecer-me um vistoso cacho de uvas.
- Tome lá, que é prá caminhada! E desatou a rir. Um riso tão saboroso quanto as uvas o eram. E é assim que se deve passar a vida. A rir. A saborear. Sempre!
A caminho da Lourinhã, ouço a história trágica ocorrida aqui ao lado no Cadaval. Um imigrante ucraniano que veio morrer à fome no País onde procurou um futuro melhor. Olho para a estrada à minha frente, recordo a velhota das uvas e percebo que não basta rir e saborear, é preciso pensar, reflectir e agir. Só assim os passos que agora dou me podem levar a um mundo melhor. Amanhã ‘vemo-nos’ em Peniche, tchau...”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)