Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Descoberta múmia mais bela no Egipto

Uma equipa de arqueólogos egípcia descobriu num local arqueológico a sul do Cairo aquela que descrevem como sendo a múmia mais bela de sempre encontrada no Egipto devido à luminosidade das cores com que está pintada.
3 de Maio de 2005 às 11:56
Descoberta múmia mais bela no Egipto
Descoberta múmia mais bela no Egipto FOTO: Reuters
O corpo descoberto junto ao complexo de pirâmides de Sakkara, 60 quilómetros a sul do Cairo, que ainda se desconhece a quem pertencia, tem mais de 2.300 anos e data da última dinastia faraónica, a XXX, que governou o Egipto entre 378 e 341 antes de Cristo.
“Trata-se da múmia mais bonita encontrada até agora no Egipto, devido às cores azul turquesa, amarelo dourado e vermelho com que está pintada a faixa de linho, endurecida com gesso e outros materiais, que a envolve”, afirmou o conhecido egiptólogo Sabri Abdelaziz, um dos responsáveis do Conselho Supremo de Antiguidades do Egipto.
Segundo revelou este responsável, a múmia, que foi encontrada junto à pirâmide de Teti, primeiro soberano da VI dinastia, que reinou entre 2322 e2130 a.C., está ainda decorada com uma máscara de ouro e com um conjunto de imagens pintadas representando alguns dos principais deuses egípcios, nomeadamente Hórus (deus do Céu), Anúbis (deus dos Mortos) e Osíris (comandava o mundo subterrâneo e julgava os mortos).
Sabri Abdelaziz revelou ainda que a múmia vai ser sujeita a exames radiológicos para determinar o seu sexo e o posto que ocupava, no âmbito de uma investigação com o objectivo de tentar conhecer melhor a última dinastia faraónica que governou o Egipto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)