Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Descobria peças de valor histórico

Não tem formação na área da Arqueologia, mas partiu à procura de achados históricos. Mário Tavares, antigo emigrante, de 58 anos, escavou em terrenos públicos de Valpaços e Chaves e encontrou 113 artefactos das épocas romana e medieval. Foi constituído arguido pela Polícia Judiciária.
17 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Mário Tavares usava detectores de metais para localizar as peças e encontrou mais de cem das épocas romana
Mário Tavares usava detectores de metais para localizar as peças e encontrou mais de cem das épocas romana FOTO: direitos reservados

Apaixonado pelas antiguidades, há já cerca de quatro anos que Mário Tavares perfurava espaços de povoamento antigo nas zonas de Lebução, em Valpaços, e Cabeça de Polide, em Chaves, à procura de restos materiais de séculos longínquos.

Autêntico autodidacta na área da Arqueologia, encontrou 113 peças das épocas romana e medieval, entre as quais moedas e objectos em bronze, barro e em granito. Face à riqueza histórica das peças, não há sequer uma cotação de mercado para os artefactos encontrados pelo antigo emigrante nos Estados Unidos da América.

Mário Tavares guardava todo o material em casa, não vendendo as peças arqueológicas, que agora se encontram na posse do museu de Macedo de Cavaleiros.

O homem, identificado pela PJ numa acção inédita, já havia sido notícia no CM. O nosso jornal publicou, em Março de 2008, a história do entusiasta que trouxe à luz do dia artefactos romanos. "Fui eu que descobri. O espaço é privado, tinha autorização do proprietário para fazer escavações e não tinham nada que intrometer-se", disse Mário Tavares sobre a então intervenção do Instituto Português do Património Arquitectónico. "Espero agora que as instituições promovam um levantamento do local. Sozinho não consigo", lamentou o agora arguido.

APONTAMENTO

LEGISLAÇÃO ESPECIAL

Mário Tavares incorre no crime de violação de vestígio arqueológico, integrado numa legislação especial. O ex-emigrante arrisca até três anos de cadeia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)