Desempregado passa a escritor profissional

Primeira obra do autor vendeu mais de 40 mil exemplares.
Por Ana Maria Ribeiro|03.04.16
Desempregado passa a escritor profissional
João Ricardo Pedro estava desempregado quando venceu o Prémio Leya Foto Sérgio Lemos
Surpreendeu o País ao ganhar, em 2011, a primeira edição do Prémio Leya – de cem mil euros – numa altura em que estava desempregado. Cinco anos depois, o engenheiro eletrotécnico nascido na Reboleira em 1973 está a lançar o segundo romance e já desistiu de procurar emprego: João Ricardo Pedro assumiu que vive apenas da escrita. Pelo menos para já.

"Não foi planeado, mas o primeiro livro correu tão bem que aqui estou eu. Dedicado apenas à literatura, sem que alguma vez o tenha sonhado", diz ao CM o autor de ‘O teu rosto será o último’.

Traduzida para dez línguas, incluindo chinês e árabe, a obra de João Ricardo Pedro vendeu 40 mil exemplares só em Portugal, onde já vai na 11ª edição. O sucessor chama-se ‘Um Postal de Detroit’ e tem como ponto de partida o acidente ferroviário de Alcafache, em 1985, cuja contagem final de mortos nunca foi concluída.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!