Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Despedir director custaria 44 mil €

A ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, disse ontem no Parlamento que só não despediu Jorge Barreto Xavier mais cedo do cargo de Director-Geral das Artes porque "iria custar ao Estado 44 mil euros" e acusou-o de ter gasto no primeiro semestre do ano toda a verba disponível para os apoios pontuais de 2010 (800 mil euros).
15 de Julho de 2010 às 00:30
Ministra disse ontem que só não despediu antes Barreto Xavier por não querer agravar contas
Ministra disse ontem que só não despediu antes Barreto Xavier por não querer agravar contas FOTO: TIAGO PETINGA/LUSA

Em resposta, Barreto Xavier – que se demitiu na sexta-feira do cargo que ocupava desde Abril de 2008 – diz que não fazia ideia de qual o montante da indemnização a que tinha direito.

"De tal forma nunca me preocupei com isso que fui eu que me demiti", disse ao CM, acrescentando que a decisão de não haver concurso para apoios pontuais no segundo semestre nunca lhe poderá ser imputada. "A legislação é clara: a competência para fixar montantes é inteiramente da ministra", diz.

Rápida na resposta ao pedido de demissão de Jorge Barreto Xavier, Gabriela Canavilhas emitiu, no dia seguinte, um comunicado manifestando "a sua grande satisfação" pela decisão e alegando que a gestão de Barreto Xavier tinha prejudicado o instituto. Desde então, a troca de palavras entre os dois responsáveis tem subido de tom.

Perante a Comissão de Ética, Sociedade e Cultura, Gabriela Canavilhas disse ainda que o cancelamento dos cortes no seu Ministério vai ser colmatado pela "solidariedade do Governo" e remeteu a gestão das verbas (8,3 milhões €) para o Ministério das Finanças. E aproveitou a ocasião para anunciar que o Ministério da Cultura vai assinar um protocolo com a Marinha para a cedência da Cordoaria Nacional, espaço onde será instalado, em 2013, o Museu de Arqueologia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)