Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
6

Dia vivido com entusiasmo pela juventude

Com uma boa entrada de público, o espectáculo de sábado no Campo Pequeno foi muito interessante e os aficionados puderam apreciar algumas actuações de valor
Joaquim Tapada 29 de Abril de 2018 às 20:10
Noite de touros no Campo Pequeno
Noite de touros no Campo Pequeno FOTO: Direitos Reservados
Sob a direcção de Manuel Gama, assessorado pelo veterinário Jorge Moreira da Silva, a novilhada teve uma parte com a actuação de cavaleiros e outra com toureio a pé. A cavalo actuaram António Prates, Ricardo Cravidão e Soraia Costa. O primeiro revelou muito à vontade na sela, lidou com alegria e deixou ferragem muito boa. O novilho de António Silva foi pegado à primeira por Fábio Silva, do grupo dos amadores da Moita. Uma grande pega.
Ricardo Cravidão, com pouco traquejo, esteve decidido, sofreu alguns toques, mas teve ocasião de cravar dois ferros curtos muito bons. O novilho de Vale do Sorraia foi pegado ao terceiro intento por Luís Carrilho, do grupo da Tertúlia do Montijo.
A terceira lide ao novilho de Romão Tenório, coube à jovem Soraia Costa que surpreendeu pelos progressos já alcançados. Boas montadas, sortes bem preparadas e alguns ferros de grande valor. Pedro Belbut, do grupo de Arruda, consumou a pega à primeira tentativa. O primeiro novilheiro a actuar foi Sérgio Nunes que toureou bem o novilho de São Torcato que não apresentava facilidades. Sérgio conseguiu uma faena aceitável, depois de bandarilhar com decisão. Seguiu-se o novilheiro João d'Alva que esteve excelente com o capote perante um novilho de Murteira Grave. Bandarilhou bem e esteve em bom plano com a muleta, toureando pelos dois pitons.
O 6º. novilho, de Paulo Caetano, proporcionou a Luís Silva um êxito, pondo em evidência o valor do novilheiro. Muito bem com o capote, cravou dois excelentes pares de bandarilhas e bordou uma faena de muleta variada e de muito valor. Deu a volta a arena acompanhado pelo ganadeiro. O último novilho, de Vinhas, coube ao jovem Rui Jardim que não teve sorte com o oponente. Cabano, difícil e sem investida o que não contribuiu para qualquer luzimento.
Apesar de tudo, no computo geral, foi uma noite agradável vivida no Campo Pequeno onde o público se divertiu dando continuidade aos eventos que tiveram inicio ao meio-dia com treino de forcados, seguindo-se às aulas de toureio de salão, terminando com a novilhada. Inúmeros jovens presentes, que mostravam a sua alegria estampada no rosto.
Tauromaquia Campo Pequeno
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)