Diário inédito de jovem judia que reflete ocupação nazi da Polónia será publicado em 2019

Livro será lançado em inglês, mais de setenta anos depois do seu assassínio, aos 18 anos, por soldados nazis alemães.
09.11.18
O diário de Renia Spiegel, uma jovem polaca judia que enfrentou a ocupação nazi, na II Guerra Mundial, será lançado em inglês, em 2019, mais de setenta anos depois do seu assassínio, aos 18 anos, por soldados nazis alemães.

O diário tem cerca de 700 páginas e retrata a vida de Renia Spiegel, dos 15 aos 18 anos, entre janeiro de 1939 e 30 de julho de 1942, quando soldados alemães de Hitler encontraram a jovem polaca e os pais do seu namorado, Zygmunt Schwarzer, e os mataram a tiro.

As últimas linhas do diário foram escritas por Zygmunt, a 31 de julho de 1942: "Três tiros! Três vidas perdidas! Tudo o que consigo ouvir são tiros, tiros", lê-se num dos excertos publicados esta semana, pela primeira vez em inglês, pela revista Smithsonian, publicação oficial do instituto de investigação de Washington, nos Esatdos Unidos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!