Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Digressão de Madonna em risco por causa de dores

Cantora cancelou concertos nos EUA. Mantém datas em Lisboa.
Duarte Faria 28 de Dezembro de 2019 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Digressão de Madonna em risco por causa de dores
Uma "dor indescritível" obrigou Madonna a cancelar o último concerto da digressão ‘Madame X’ pelos EUA. A lesão, que fez a cantora "chorar", mas da qual esta continua sem revelar a origem, intensificou-se no último espetáculo que deu em Miami. "Quando subia a escada para cantar ‘Batuka’, no sábado à noite, estava a chorar de dor devido às minhas lesões.

A cada música que cantava, rezava para chegar à canção seguinte e aguentar o concerto. As minhas preces foram atendidas e consegui", disse a artista de 61 anos.

Madonna revelou ainda que os médicos a aconselharam a descansar para poder completar a digressão em curso. Mas, se as dores não passarem, Madonna poderá mesmo ser obrigada a cancelar os próximos concertos da tournée, marcados para o Coliseu dos Recreios, em Lisboa - 12, 14, 16, 18, 19, 21, 22 e 23 de janeiro. O preço dos bilhetes vai dos 75 aos 400 euros. Depois, a agenda prevê que Madonna siga para Paris e Londres.

"Nunca deixei uma lesão impedir-me de atuar, mas desta vez tenho de aceitar que não há vergonha em ser humana e carregar no botão ‘pausa’", acrescentou Madonna na explicação que deu aos fãs após o cancelamento do último concerto nos EUA.

Já no início de novembro, data em que estava agendado o início da digressão, a cantora, que está a apresentar o álbum editado este ano - marcado por influências lusófonas e participações de artistas que conheceu em Lisboa -, tinha cancelado três concertos devido a uma lesão que nunca identificou.
Madonna Miami EUA Madame X Lisboa artes cultura e entretenimento música
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)