Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
9

Disney despede 650 e reduz produção

A Disney vai despedir 650 pessoas em todo o Mundo, uma medida que justifica com a restruturação interna da empresa. Mais. A Disney pretende também reduzir a sua produção de filmes.
20 de Julho de 2006 às 00:00
A confirmação destas medidas acontece menos de 24 horas depois do anúncio de um novo recorde de bilheteira estabelecido por um filme da companhia: ‘Piratas das Caraíbas 2’ (hoje em estreia nos cinemas nacionais), que rendeu em apenas dez dias de exibição na América do Sul mais de 258 milhões de dólares. Nos EUA, o filme com Johnny Depp ocupa já o segundo lugar dos ‘tops’ de bilheteira.
Em comunicado a Disney refere que vai “reduzir os seus efectivos em cerca de 650 postos de trabalho em todo o Mundo”.
MENOS FILMES
A contenção de despesas da Disney não se fica por aqui, tendo também sido anunciada a redução do número de filmes a produzir anualmente. De 18 filmes por ano, a reforma contempla agora apenas dez longa-metragens e filmes de animação, a que se poderão somar mais dois ou três filmes da filial Touchstone, mais vocacionada para o mercado adulto.
“Uma supressão como esta de postos de trabalho é difícil a todos os níveis, mas faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para que a transição se processe da forma mais suave possível”, justificou Dick Cook, presidente do estúdio.
Com efeito, nem tudo na Disney são apostas tão bem conseguidas como a que pesa agora sobre ‘Piratas das Caraíbas 2’ e o estúdio aponta o dedo a títulos como ‘Stick It’, ‘Annapolis’, ‘Stay Alive’ ou ‘The Wild’, rotundos fracassos de bilheteira.
Contudo, nem tudo são más notícias e, segundo o comunicado da empresa, não serão afectadas por esta reorganização unidades como a Walt Disney Feature Animation, Pixar Studios, Miramax Films, Buena Vista Music Group e Buena Vista Theatrical Productions.
A Disney está longe de ser o único grande estúdio de Hollywood em dificuldades. Em Novembro de 2005, a Warner Bros anunciou o afastamento de cinco por cento dos seus efectivos, o que corresponde a qualquer coisa entre os 250 e os 300 postos de trabalho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)