Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

DOCES 'DIÁLOGOS' NO CASTELO

O belíssimo Convento das Bernardas - espaço do século XVII agora totalmente recuperado em pleno coração do Bairro Alto - foi o local escolhido para apresentar à Comunicação Social, ontem à tarde, o espectáculo de teatro "Diálogo das Compensadas", produção do Fatias de Cá baseada no romance homónimo de João Aguiar.
1 de Outubro de 2003 às 00:00
 Carlos Carvalheiro (esquerda) e João Aguiar falaram do projecto
Carlos Carvalheiro (esquerda) e João Aguiar falaram do projecto FOTO: Jorge Paula
Mesmo sem o subsídio do Ministério da Cultura, a companhia de Tomar conseguiu levar o projecto avante e, com o apoio da Egeac (empresa municipal responsável pela gestão de espaços como o Teatro Taborda, o São Luiz ou o Maria Matos), prepara--se para estrear os "Diálogos" na Sala Ogival do Castelo de S. Jorge, em Lisboa, no próximo dia 9.
Na conferência de Imprensa, onde estiveram - para além do próprio João Aguiar e do director do Fatias de Cá, Carlos Carvalheiro - Maria João Sousa (da Egeac), Maria José Machado Santos (directora do Museu das Marionetas) e Teresa Duarte (arquitecta responsável pela recuperação do Convento das Bernardas), o escritor explicou aos jornalistas que foi justamente naquele espaço que nasceu a ideia para escrever o seu romance.
"É muito difícil falar de inspiração, mas foi depois de uma visita a este Convento - numa altura em que ainda estava em obras - que me apareceu uma ideia. A imagem de uma abadessa, cabeça de uma ordem religiosa de reclusão. Como precisava de um convento, passei a situar aqui a acção do romance."
Quanto a Carlos Carvalheiro, que depois de "A Voz dos Deuses" e "Inês de Portugal", volta a pegar numa obra deste autor para pôr em palco, garantiu que a sua tarefa foi muito facilitada pelo interesse que a obra desperta e pelo facto de ser, maioritariamente, em diálogo.
"Uma das maiores preocupações das companhias de teatro de repertório é encontrar boas histórias. Felizmente para nós que o João Aguiar continua a escrever livros. Apeteceu--nos muito partilhar esta história com o público."
"Diálogos" estará em cena todas as quintas-feiras até 18 de Dezembro. Para os gulosos, tem o aliciante "extra" de dar a provar uma amostra significativa de doces conventuais. No fim, ainda será servido um chocolate quente.
Ver comentários