Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

Dylan pode ter plagiado

O cantor e compositor norte-americano Bob Dylan utilizou versos do poeta também norte-americano Henry Tim-rod, do século XIX, para escrever algumas das letras do seu mais recente disco, ‘Modern Times’, que está no topo dos mais vendidos nos Estados Unidos.
18 de Setembro de 2006 às 00:00
Quem o afirma é o biógrafo de Timrod, Walter Brian Cisco, que o disse com todas as letras em declarações ao jornal diário ‘The New York Times’. No entanto, no entender deste especialista, o facto deve ser encarado como uma homenagem a um nome pouco conhecido das letras americanas.
“Estou muito contente por Timrod (nascido em 1828 e falecido em 1867) ter finalmente este reconhecimento”, afirmou.
Foi o próprio Bob Dylan que lançou o estudioso na pista: na sua autobiografia, ‘Chronicles: Vol. 1’, o cantor confessou-se um apaixonado pelo período da guerra civil norte-americana, o que levou Cisco a ler as letras do novo disco com redobrada atenção.
De resto, esta não é a primeira vez que que Dylan, de 65 anos, se inspira nas obras de outros artistas para compor as suas letras... O mesmo tinha acontecido com o anterior ‘Love and Theft’, onde os mais atentos descobriram semelhanças com o livro ‘Confessions of a Yakuza’, do japonês Junichi Saga.
Ver comentários