Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
2

“É o ponto alto da minha carreira” (C/VÍDEO)

"Quantos de vocês viram ‘Star Wars’? Então muito obrigado: têm estado a pagar o meu salário há 33 anos", disse, ontem, Anthony Daniels, actor que deu corpo ao robô C-3PO nos seis filmes com que George Lucas fez História do Cinema e que será o narrador de ‘Star Wars in Concert’, espectáculo multimédia que chega ao Pavilhão Atlântico dias 22 e 23.
2 de Março de 2010 às 00:30
Aos 63 anos, Daniels é o actor que dá corpo ao robô C-3PO desde 1977, a estreia de ‘Star Wars’
Aos 63 anos, Daniels é o actor que dá corpo ao robô C-3PO desde 1977, a estreia de ‘Star Wars’ FOTO: Sérgio Lemos

Entre uma orquestra sinfónica, muitos raios laser e a exibição de imagens emblemáticas do filme (exibidas num ecrã de três andares de altura!), o actor vai contar a história imortal da luta entre o Bem e Mal, há muito transformada em série de culto. 'O concerto é o ponto alto da minha carreira como robô C-3PO', refere Daniels.

'Além de que é a primeira vez que percebo a história toda... O George [Lucas] começou a contá--la a partir da quarta parte. Sigo a ordem certa', gracejou.

Actor formado em técnica de mimo revela que, inicialmente, recusou encontrar-se com o produtor. 'Tinha feito dois filmes, achava-me um actor sério, e não queria fazer de robô num filme de ficção científica de baixo orçamento', recorda. 'A minha agente obrigou--me a ir, e o George [Lucas], que viu todos os actores, escolheu-me devido ao meu treino em mimo.'

No espectáculo, que estreou em Londres em 2008 e inicia a digressão europeia dia 7, em Dublin, é o coro sinfónico Lisboa Cantat que interpreta a música de John Williams ao lado da Royal Philarmonic Concert Orchestra. 'É uma experiência total, indiscritível', conclui o actor, que em Lisboa chega às 65 representações.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)