Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Encontrados quadros de Munch

Os dois célebres quadros do pintor norueguês Munch ‘O Grito’ e ‘Madonna’, que datam do final do século XIX, foram finalmente recuperados depois de terem sido roubados por homens armados do Museu Munch, em Oslo, a 22 de Agosto de 2004.
31 de Agosto de 2006 às 19:39
“A Polícia de Oslo confirma que os quadros estão sob a nossa custódia”, anunciou esta quinta-feira o responsável pela investigação do roubo, Iver Stensrud, em conferência de impresa na capital norueguesa, frisando, todavia, que ainda não foram submetidos a uma análise criteriosa para determinar se são os originais.
Segundo explicaram as autoridades, que negaram ter pago uma quantia em dinheiro para recuperar "as obras de valor incalculável", estas encontram-se em melhor estado de conservação do que o esperado tendo sido recuperadas durante uma operação policial desencadeada nos arredores da cidade. Acredita-se que as pinturas estiveram sempre na Noruega desde o seu roubo, há dois anos e nove dias.
Recorde-se que a Câmara Muncipal de Oslo havia oferecido uma recompensa de mais de 250 mil euros pelos quadros. Até ao momento, não foi feita qualquer detenção no âmbito deste caso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)