Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Escritor Albert Camus pode ter sido assassinado pelo KGB

Uma nova teoria, baseada na investigação do académico italiano Giovanni Catelli e divulgada pelo jornal italiano ‘Corriere della Sera’, defende que Albert Camus terá sido assassinado pela KGB, policía política da URSS, por criticar o regime soviético.
7 de Agosto de 2011 às 17:20
Albert Camus tinha 46 anos quando morreu e tinha recebido o Prémio Nobel da Literatura dois anos antes
Albert Camus tinha 46 anos quando morreu e tinha recebido o Prémio Nobel da Literatura dois anos antes FOTO: d.r.

O escritor francês de origem argelina morreu num acidente de viação, em 1960, dois anos depois de ter ganho o Prémio Nobel da Literatura. Segundo Giovanni Catelli, agentes do KGB terão sabotado o carro em que Camus, de 46 anos, viajava.

Cultura Literatura Albert Camus assassínio KGB Prémio Nobel da Literatura
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)