Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Escritor Javier Moro vence Prémio Planeta 2011

O escritor madrileno Javier Moro foi distinguido com o Prémio Planeta de novela, no valor de 601 mil euros, com a obra ‘El Imperio Eres Tú’.
17 de Outubro de 2011 às 11:14
Javier Moro
Javier Moro FOTO: Reuters

A novela vencedora é uma minuciosa crónica da vida do primeiro imperador do Brasil D. Pedro I (D. Pedro IV de Portugal, filho de D. João VI), que reinou durante a primeira metade do século XIX.   

O galardão é um dos mais importantes do Mundo, destina-se a obras escritas em espanhol, e é atribuído há seis décadas pelo grupo editorial espanhol Planeta.  

Segundo a agência EFE, Javier Moro disse sobre o livro: "Conta uma fase da longa história da luta do homem pela liberdade, mais concretamente do primeiro imperador do Brasil, Pedro I, que forjou a independência da primeira nação".  

Comentou ainda que o personagem "é um dos mais surpreendentes, pitorescos e originais".  

O júri era composto por Alberto Blecua, Ángeles Caso, Juan Eslava Galán, Pere Gimferrer, Carmen Posadas, Rosa Regàs e Carlos Pujol.  

De Javier Moro estão editadas em Portugal as obras ‘O Sari Vermelho’ (Planeta) e ‘Uma Paixão Indiana’ (Caderno).  

Em anos anteriores, o Prémio Planeta foi atribuído a autores como Juan José Millás, Fernando Savater, Camilo José Cela (Nobel da Literatura 1989) e Mario Vargas Llosa (Nobel da Literatura 2010).  

prémio escritor planeta javier moro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)