Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Escritores britânicos querem cobrar mais por livros digitais

Alguns escritores britânicos como Ian McEwan, Martin Amis ou o também historiador Antony Beevor, estão a mobilizar-se para cobrar uma percentagem maior de direitos de autor do que a estipulada para os livros em formato digital.

24 de Janeiro de 2010 às 19:55
Ian McEwan conseguiu acordo com a Amazon
Ian McEwan conseguiu acordo com a Amazon FOTO: d.r.

De acrodo com o jornal ‘The Sunday Times’, McEwan, conseguiu um acordo com a Amazon que lhe permitirá passar a ganhar o dobro do valor que recebe actualmente de direitos de autor das obras que tem em versão digital.

 

Muitos outros autores querem agora seguir os seus passos. Actualmente, os escritores recebem 25% em direitos dos livros em versão digital, muito mais do que os 8 ou 10% que recebem da venda dos que estão em versão de papel.

 

Nos últimos dias alguns autores lançaram uma campanha para aumentar a percentagem para os 75%, no caso dos livros electrónicos. Os escritores defendem que as editoras não têm como justificar a sua parte nos lucros com gastos de impressão e distribuição.

 

Ver comentários