Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

ESPARTEIRO ESTREIA NA CASA DA COMÉDIA

O actor Luís Esparteiro, que o público bem conhece do pequeno ecrã, estreia amanhã, na Casa da Comédia, “3 é uma multidão”, um texto original das Produções Fictícias que promete fazer as delícias do público.
10 de Julho de 2002 às 00:18
O espectáculo é uma sequência de sketches - todos eles cómicos - sobre situações do dia-a-dia que dão para o torto. Desde uma conversa equívoca durante uma consulta de time-share, a um diálogo absurdo à porta de uma discoteca, vale tudo.

Segundo a produção, um dos momentos mais conseguidos do espectáculo é a conversa entre uma dupla de cantores pimba - Romeu e Viriato - e a sua agente, que insiste em modernizar o “look” da banda... sem sucesso.

Em todas as situações, porém, uma coisa mantém-se: há sempre uma pessoa (o terceiro elemento da conversa) que está a mais.

Estreia na encenação

“3 é uma multidão” foi uma encomenda da SPARA, que solicitou aos criativos das Produções Fictícias que escrevessem um texto cómico para três actores: Luís Esparteiro, João Didelet e Madalena Brandão.

E embora a encenação seja colectiva, pode dizer-se que a direcção do espectáculo é de Luís Esparteiro, que assim se estreia nestas lides.

Com cenografia de Paulo Robalo, o espectáculo tem ainda o atrativo extra de contar com figurinos da estilista portuguesa Fátima Lopes.

“3 é uma multidão” estará em cena na Casa da Comédia até finais de Julho, podendo ser visto às quintas, sextas, sábados e domingos, sempre às 22h00.

Depois, e dada a ligeireza da produção - quer a nível da cenografia quer a nível do elenco - fica disponível para efectuar digressões por todo o continente e regiões autónomas.

Informações e reservas para o telefone 21 712 26 70.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)