Sub-categorias

Notícia

Estado perde 50 milhões de euros em património cultural

Lone Star ficou com todas as coleções do BES aquando da compra do Novo Banco.
Por Duarte Faria|11.08.18
  • partilhe
  • 2
  • +
Estado perde 50 milhões de euros em património cultural
Foto Direitos Reservados
O Estado perdeu a oportunidade de ficar com um espólio avaliado em 50 milhões de euros. Com a venda do Novo Banco ao fundo de investimento Lone Star, o Governo deixou ‘fugir’ o valioso património cultural do BES, onde se incluem coleções de moedas raras (avaliada em 29 milhões de euros), fotografia (10 milhões) e pintura (10 milhões), além da Biblioteca de Estudos Humanísticos (900 mil). Estas coleções podem ser vendidas, mas não podem sair do território nacional sem que o Estado autorize, nem ser partidas.

A coleção de moedas está exposta no edifício-sede do Novo Banco, em Lisboa, e, segundo o ‘Público’, Ricardo Salgado, antigo presidente do BES, chegou a propor a sua venda ao Banco de Portugal. No entanto, o supervisor terá rejeitado a proposta. Quanto à coleção de fotografia, aguarda ainda um destino, que poderá passar pelo Convento de São Francisco, Coimbra. Já a coleção de pintura - 98 obras de artistas de renome -, está repartida por todo o País, já que diversos quadros foram emprestados a museus nacionais. Por último, a biblioteca está depositada na Faculdade de Letras de Lisboa.

PORMENORES
Moedas
A coleção de numismática tem exemplares anteriores à fundação de Portugal. São 13 mil moedas e cédulas antigas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!