Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
4

"Estarei à altura do que irá acontecer”

Francisco Palha ainda só tem 21 anos mas já é um dos mais promissores membros da nova geração de toureiros. Espera viver um dia inesquecível na Monumental de Santarém.
11 de Junho de 2008 às 00:30
Francisco Palha dará o seu melhor
Francisco Palha dará o seu melhor FOTO: D.R.

Correio da Manhã – Que perspectivas tem para a sua actuação na ‘Corrida do Correio da Manhã’ [no sábado, a partir das 17h00, na Monumental de Santarém]?

Francisco Palha – Quem manda é sempre o toiro. Vou a Santarém para dar o meu melhor. Não vou pôr-me a inventar por estar ao lado de duas figuras do toureio, mas estarei à altura do que irá acontecer.

– A Monumental de Santarém é uma praça que lhe traz boas recordações?

– Muito boas. É uma praça estimulante, e ainda por cima vou tourear ao lado do João Salgueiro e do Diego Ventura, que neste momento é o número um mundial. É uma praça que traz muitas recordações boas não só para mim, mas para toda a gente. Será, certamente, um dia inesquecível.

– Nesta época conta participar em mais espectáculos taurinos do que na anterior?

– Não sei. Talvez no mesmo número de corridas, embora este ano deva ter algumas com maiores responsabilidades.

– Que cavalos tenciona levar para a ‘Corrida Correio da Manhã’?

– Tenciono levar o ‘Ventura’, que era do cavaleiro Diego Ventura; o ‘Rouxinol’, que é do Diego Ventura e está emprestado. Vou levar ainda o ‘Brincalhão’, que é meu; o ‘Salgueiro’, que no ano passado me ajudou imenso; o ‘Emídio José’, que comprei no Inverno ao João Salgueiro; e ainda o ‘Jota’.

DETALHES

NOVO FÔLEGO DA PRAÇA

Desde o fim dos anos 90 que se falava em Santarém na demolição da Praça Celestino Graça, para dar lugar a outra mais pequena. Mas as enchentes dos últimos anos deram novo fôlego à Monumental.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)