Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
8

Estrondo não pára concerto

Tudo não passou de um susto. Bem-disposto e com grande sentido de humor, André Sardet arrancou, anteontem à noite, a digressão do seu novo disco, ‘Pára, Escuta e Olha’, no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém (CCB). Cerca de uma hora depois do início da actuação, um estrondo assustou a plateia, causado pelo rebentamento de uma lâmpada de um projector, localizado no tecto da sala. Os estilhaços causaram ligeiras escoriações num casal, que estava acompanhado do filho, e numa mulher, que foram prontamente socorridos pelos serviços médicos do local.
14 de Maio de 2011 às 00:30
 Sardet continuou concerto e falou ontem com os espectadores feridos
Sardet continuou concerto e falou ontem com os espectadores feridos FOTO: Vasco Neves

"Embora o projector tenha uma rede de protecção, conforme as regras de segurança em vigor, os vidros da lâmpada passaram por entre a rede e caíram em cima dos espectadores", esclareceu ao CM, numa nota, o vogal do conselho de administração do CCB, Miguel Leal Coelho. Depois de tratados aos arranhões nos braços que sofreram, os espectadores, segundo a mesma fonte, "compreenderam logo a questão, aceitando naturalmente o ocorrido e quiseram ser conduzidos de novo para a sala para continuar a assistir ao concerto".

Também contactado pelo CM, o cantor André Sardet disse que se apercebeu do sucedido, mas percebeu logo que a ocorrência não era motivo de preocupação. "Já liguei hoje [ontem] às pessoas envolvidas no acidente e sei que elas estão bem", sublinhou o artista.

Depois do tema ‘Pára, Escuta e Olha’, o músico reviu êxitos da sua carreira, como ‘O Azul do Céu’, ‘Adivinha o Quanto Gosto de Ti’ ou ‘Foi Feitiço’. "É muito importante estar aqui hoje. O meu coração batia muito antes de entrar em palco", disse à plateia. Momento alto do serão? A canção ‘O Teu Calor é Fogo Posto’, que Sardet dedicou à mulher, Catarina.

SARDET CONCERTO CCB LISBOA FERIDOS
Ver comentários