Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Ex-assessor quer dinheiro de Michael Jackson

As disputas relativas ao património de Michael Jackson continuam a perturbar a serenidade do clã Jackson, que agora se vê confrontado com mais um pedido de indemnização. Trata-se, desta feita, de um antigo assessor do cantor, Tohme R. Tohme, que garante ter direito a nada menos do que 15 por cento do dinheiro que Michael Jackson está a ganhar desde que morreu. A família já contestou a pretensão do assessor e os advogados de Katherine Jackson querem rebater os seus argumentos em tribunal acusando-o de ter abusado da boa fé de Michael Jackson: segundo eles, Tohme R. Tohme fez com que Jackson assinasse documentos que em nada o beneficiavam, mas enchiam o bolso do assessor.
18 de Fevereiro de 2012 às 16:40
Desde que morreu, em Junho de 2009, Michael Jackson já ganhou quase 230 milhões de euros. Agora, um ex-assessor do cantor diz que tem direito a 15 por cento desse dinheiro.
Desde que morreu, em Junho de 2009, Michael Jackson já ganhou quase 230 milhões de euros. Agora, um ex-assessor do cantor diz que tem direito a 15 por cento desse dinheiro. FOTO: D.R.

Em causa estão quase 230 milhões de euros que a marca Michael Jackson já arrecadou nestes últimos dois anos e ao qual Tohme diz ter direito, até porque, garante, foi ele o grande responsável pelo regresso do cantor à ribalta, depois do processo de abuso sexual de menores de que foi alvo.

Mas os advogados de Katherine Jackson estão a pedir ao Tribunal que ignore a queixa de Tohme.

 

“Os factos vão mostrar que as exigências do sr.Tohme R. Tohme não têm fundamento e que ele foi incorrecto para com Michael Jackson desde o início da sua relação profissional”, escreveu, em comunicado, o advogado Howard Weitzman.

Cultura Música Michael Jackson dinheiro polémica tribunal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)