Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Ex-prostituta escritora revela o nome

‘Belle de Jour’ foi primeiro um blogue, depois passou a livro e a minissérie de televisão. O sucesso das histórias de uma prostituta de luxo extravasou da internet, mas, ao longo de vários anos, ninguém conhecia o/a autor/a daquelas linhas provocadoras.
17 de Novembro de 2009 às 00:30
Brooke prostituiu-se em 2003
Brooke prostituiu-se em 2003 FOTO: direitos reservados

Agora o mistério dissipou-se. Não porque alguém denunciasse a identidade da mulher por detrás do computador, mas porque a própria decidiu ‘sair do armário’. Em entrevista ao ‘The Sunday Times’, Brooke Magnanti disse que preferiu assumir a autoria de ‘Belle de Jour’ antes que o ex-namorado a denunciasse.

Especialista na área de oncologia infantil em Bristol (Inglaterra), Magnanti foi ‘call girl’ em 2003, numa altura em que precisava de dinheiro para terminar a tese. Quanto ao facto de só agora revelar a sua identidade, Brooke explica: "Queria ver o outro lado de tudo isto. Não quero mais carregar este segredo."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)