Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
3

Fados de Saura dançado em estúdio e pelas ruas de Lisboa

O nome até engana. ‘Fados’ apresenta, obviamente, a sonoridade dramática da música tradicional portuguesa, mas o novo filme do espanhol Carlos Saura não deixa a dança de fora.
4 de Outubro de 2007 às 00:00
Carlos do Carmo é um dos fadistas que integra o elenco do filme
Carlos do Carmo é um dos fadistas que integra o elenco do filme FOTO: d.r.
A ‘ousadia’ de cruzar o bailado contemporâneo com a nobre e ‘estranha forma de vida’ custou a Saura a crítica dos mais puristas, que dizem que o público luso não se vai rever neste musical cheio de movimento. Saura discorda: “O que faz falta é que os portugueses dancem o fado”, disse, em entrevista, ao CM.
Polémicas à parte, a fita conta com as participações dos nomes mais ilustres do fado e com a consultoria musical de Carlos do Carmo. Camané, Mariza, Amália, Lila Downs, Chico Buarque, Caetano Veloso, entre outros, (en)cantam sobre imagens de Lisboa captadas por Eduardo Serra, galardoado director de fotografia português radicado em Paris. E as músicas não se perdem na plástica de Saura...
Como diz o autor, este é um filme com “transparências, fotografias, espelhos, fragmentos da cidade... Um mundo cosmopolita mas nunca realista. É um musical de estúdio também para dar o máximo valor e as melhores condições aos artistas.”
Depois de correr festivais, ‘Fados’ está já distribuído para 28 países e depois há-de chegar à TVI.
Ver comentários