Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
7

Família de Stanley Kubrick quer recuperar filme perdido

O filme esteve para avançar, mas ‘A Lista de Schindler’ de Steven Spielberg levou a melhor. A família do cineasta de ‘Laranja Mecânica’ quer agora recuperar o projecto
11 de Agosto de 2009 às 17:55
Kubrick largou projecto em 1993, ano da glória de 'A Lista de Schindler'
Kubrick largou projecto em 1993, ano da glória de 'A Lista de Schindler' FOTO: D.R.

Trata-se de ‘Aryan Papers’, uma adaptação do romance ‘Wartime Lies’, escrito pelo mesmo criador de ‘As Confissões de Schmidt’, que se centra na figura de uma judia polaca e do seu sobrinho e que são forçados a fazerem passar-se por católicos para evitar a perseguição nazi durante a Segunda Guerra Mundial. 

O filme chegou a ter protagonista – a holandesa Johanna ter Steege – mas as atenções em torno da obra de Spielberg adiaram o sonho de Kubrick concretizar a obra. Algo que não é inédito na carreira do mesmo realizador de ‘Shining’, se se pensar em ‘Napoleão’, que nunca avançou, ou em ‘A.I. – Inteligência Artificial’, dirigida a título póstumo por Steven Spielberg. 

O assunto voltou à tona no Festival de Edimburgo, onde se encontra uma exposição dedicada a ‘Aryan Papers’ e aos seus esforços de concretização. O espólio já esteve em exibição em outros locais e inclui publicações, estudos dos anos 30 e 40, provas de fotografia e até peças de roupa que seriam usados pela actriz principal do filme que nunca chegou a ver a luz do dia. 

“Arrependo-me que o filme nunca tenha sido feito mas foi uma decisão de Kubrick e da Warner Brothers, provavelmente muito sensata”, disse, ao ‘The Times’, o cunhado do realizador. 

Kubrick morreu há dez anos e que deixou 13 filmes numa carreira de mais de meio século. 

Para Jan Harlan, o cunhado que também é produtor executivo, os contactos com os estúdios estão a avançar e há até uma sugestão para realizador do filme: o nome de Ang Lee, Óscar de Melhor Realizador por ‘O Segredo de Brokeback Mountain’.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)