Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

FÁTIMA LOPES INDIGNADA E CHATEADA

"Acho muito triste e feio que haja pessoas que se aproveitem do trabalho e do nome dos outros para se promoverem". Foi assim que a estilista Fátima Lopes manifestou, ontem, ao CM a sua indignação perante o facto da organização do Moda Guimarães ter divulgado a sua presença no certame que decorreu no fim-de-semana.
30 de Julho de 2003 às 00:00
 Fátima Lopes
Fátima Lopes
"Fiquei indignada e chateada quando a minha loja em Guimarães começou a receber telefonemas de clientes que ficaram tristes e, até, ofendidos, por não terem sido convidados", disse, revelando que só soube do que estava a acontecer quando vários órgãos de Comunicação Social lhe ligaram a confirmar a sua presença.
"Fui convidada a participar no certame mas desde o início que disse que não estava interessada. Não gosto nem entro em desfiles de grupo. Qual o meu espanto quando, no fim-de-semana, a organização continuava a promover o certame com um desfile meu", sublinhou.
Estas declarações não coincidem, no entanto, com as da organização (Zona de Turismo da cidade, escola profissional Cenatex e Associação Comercial e Industrial). Sofia Pereira, da Zona de Turismo, disse à Rádio Santiago, de Guimarães, que, aquando do anúncio do evento, Fátima Lopes tinha acertado a sua presença. "Mais tarde fez exigências que a organização considerou incomportáveis", explicou, acrescentando: "Na documentação distribuída a partir daí, já tinha um asterisco no nome dela que dizia 'a confirmar'".
Fátima Lopes mostrou-se surpeendida com estas alegações uma vez que, garante, tem em sua posse documentos que provam que, desde o início, se recusou a participar no certame.
Entretanto, ao CM, a estilista revelou que vai organizar em breve um desfile seu na Cidade-Berço.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)