Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
5

‘Fausto’ vence Leão de Ouro em Veneza

Uma vez mais, os filmes exibidos nos derradeiros dias baralham os quadros dos críticos com as suas preferências. ‘Fausto', o filme do russo Aleksandr Sokurov, seduziu os membros do júri e conquistou neste sábado, unanimemente, o Leão de Ouro da 68ª edição do festival de Veneza.
10 de Setembro de 2011 às 19:18
Leão de Ouro foi parar às mãos de Alexandr Sokurov, graças ao filme russo ‘Fausto’
Leão de Ouro foi parar às mãos de Alexandr Sokurov, graças ao filme russo ‘Fausto’ FOTO: EPA

O filme já tinha arrancado rasgados aplausos na sessão de imprensa e depois na oficial.

Trata-se de um filme visualmente forte e que começa por mostrar um corpo aberto em que se procura a localização da alma no meio dos órgãos.

Segundo o realizador, assim se conclui a “tetralogia sobre a natureza do poder”, depois de Hitler, em ‘Moloch’ (1999), Lenin, em ‘Telec’ (2000) e o imperador Hirohito, em ‘Solnzte’ (2005), com Fausto a “completar a imagem de grandes jogadores que perderam as maiores recompensas da sua vida”.

Sem surpresas, Michael Fassbender, arrecada a Taça Volpi correspondente ao impressionante trabalho de ‘sex addict’ no avassalador filme do britânico Steve McQueen, ao passo que a veterana Deanie Ip emocionou o júri pela forma comovente como recriou a personagem baseada em factos reais de ‘A Simple Life’, dirigida pela realizadora Ann Hui.

PALMARÉS DA 68ª EDIÇÃO DO FESTIVAL DE VENEZA

Leão de Ouro para  Melhor Filme
‘Faust’ de Aleksandr Sokurov (Russia)

Leão de Prata para Melhor Realizador
Shangjun CAI para ‘Ren Shan Ren Hai’ (‘People Mountain People Sea’) (China - Hong Kong)

Prémio Especial do Júri
‘Terraferma’ de Emanuele Crialese (Itália)

Taça Volpi para Melhor Actor
Michael Fassbender em ‘Shame’, de Steve McQueen (Reino Unido)

Taça Volpi para Melhor Actriz
Deanie Yip em ‘Tao jie’ (‘A Simple Life’) de Ann Hui (China - Hong Kong)

Prémio Marcello Mastroianni para Melhor Actor ou Actriz Estreante
Shôta Sometani e Fumi Nikaidô em ‘Himizu’ de Sion Sono (Japão)

Osella para Melhor Cinematografia
Robbie Ryan para ‘Wuthering Heights’ de Andrea Arnold (Reino Unido)

Osella for Melhor Realização
Yorgos Lanthimos e Efthimis Filippou para ‘Alpis’ (‘Alps’) de Yorgos Lanthimos (Grécia)

Lion do Futuro - “Luigi De Laurentiis” para o Primeiro filme
‘Là-bas’ de Guido Lombardi (Itália)

Prémios colateriais
Prémio Fipresci – ‘Shame’, de Steve McQueen
Prémio SIGNIS – ‘Faust’, de Aleksandr Sokurov

veneza festival cinema shame sukurov fausto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)