Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura
1

Feira da Moita abriu com chave de ouro

Antonio Ferrera sai pela porta grande.
Joaquim Tapada 15 de Setembro de 2019 às 20:41

Pena que a praça não tivesse registado mais afluência do que os dois terços da lotação. Mas a noite ventosa e fria e o jogo da selecção nacional tiraram muito público que não viu uma excelente corrida mista.

João Ribeiro Telles, se no primeiro toiro não teve possibilidade de mostrar a sua valia, aproveitou as boas qualidades do 4º da ordem e teve uma atuação de grande esplendor. Bregou com muita sabedoria, escolheu bem os terrenos e esteve em plano superior com ferragem que fez levantar o público. Uma atuação para recordar, muito em especial os três últimos ferros curtos e os ladeios justos que mostraram a grande confiança e a boa forma em que se encontra o cavaleiro da Torrinha.

Os forcados do grupo dos amadores da Moita, David Solo e Fábio Silva, à 2ª com boa pega cumpriram da melhor forma a sua função. Porém, o público estava ansioso por ver o triunfador de várias praças de Espanha, Antonio Ferrera, e o matador espanhol não desiludiu, muito pelo contrário, esteve numa noite de verdadeira apoteose. No seu primeiro toiro lanceou bem de capote e com a muleta desenvolveu uma faena pela direita muito conseguida.

Seria, contudo, no 5º da ordem que Ferrera mostrou a grande forma em que se encontra. Bordou uma faena de classe, através de derechazos, naturais, passes de peito, passes cambiados que levou o público ao delírio. Enorme faena justamente premiada com três voltas à praça e saída a ombros pela Porta Grande.

Ginés Marin não se encontrou com o 3º da ordem, lanceando sem expressão perante um toiro com pouca colaboração. No entanto, o matador de Badajoz mostrou na faena do último a razão porque já é uma figura. Faena variada, valorizada pela sua mão esquerda, a mão da verdade. Naturais extensos, passes de peito, passes em redondo e molinetes.

O público compreendeu o labor do toureiro e aplaudiu a sua volta a arena.

Fábio Costa, auxiliado pelo veterinário Carlos Santos, dirigiu com acerto uma grande corrida de toiros.

tauromaquia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)